Médicos removem tumor de 37 kg de mulher que parecia grávida

 tumor
Um tumor de 35 kg foi removido de seu corpo em uma mulher de 59 anos, identificada apenas como Huang. Segundo relatos da imprensa local, a chinesa tinha dificuldade em respirar devido à grande massa. Nesse caso, ela sofria de um cistoadenoma ovariano viscoso, um tumor benigno que representava 15% de todos os tumores ovarianos.
O crescimento do tumor até bloqueou seus órgãos, incluindo fígado, baço e rins. Médicos do Hospital da Universidade Médica de Harbin, na província de Heilongjiang, China, foram responsáveis ​​pela remoção. "Sou médico há 38 anos e já vi muitos tumores grandes, mas nunca antes", diz Li Peiling, do Departamento de Obstetrícia e Ginecologia.
 Segundo o Daily Mail, o especialista ainda diz que a paciente é "magra como uma bengala, mas seu estômago é grande demais como se estivesse grávida de gêmeos ou trigêmeos". A mulher, por sua vez, diz que, devido ao volume na região, você não consegue dormir deitado. "Eu tive que me sentar de costas com um travesseiro", enfatiza. A filha de Huang ressalta que o tumor cresceu porque sua mãe se recusou a procurar ajuda médica quando notou que seu estômago estava inchando. "Seu estômago estava inchado no começo, mas ela disse que era apenas 'ar' e não queria ir ao hospital. Ela só concordou em obter ajuda quando começou a ter dificuldade em respirar".
 O médico Li Peiling explica que os tumores ovarianos são a forma mais comum de tumores benignos que ocorrem em mulheres de todas as idades, mas também podem se tornar malignos. Ele diz que o crescimento do tumor nem sempre é óbvio no começo. Geralmente, a condição é descoberta quando começa a apertar órgãos próximos e causar desconforto.

Nenhum comentário