Pastor da Igreja Universal é preso em Fortaleza por desobedecer à quarentena e realizar um culto

A polícia militar do Ceará prendeu um pastor evangélico da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) em Fortaleza nesta quarta-feira (25). A prisão flagrante ocorreu depois que ele desobedeceu à ordem da polícia militar para encerrar um culto onde as pessoas estavam se reunindo.
 As informações são do jornalista Fernando Ribeiro. Os PM relataram que foram chamados ao local por moradores vizinhos, diante da multidão que estava ocorrendo no templo.
 Mesmo com o decreto estadual que estabeleceu a quarentena em todo o Ceará, o pastor realizou o serviço e se recusou a suspender o evento religioso.

Segundo a polícia militar, o templo da Igreja Universal identificado na denúncia está localizado na Rua Duarte Costa, no bairro Paupina, na Grande Messejana. Incomodados com a multidão na igreja, causando riscos de contágio do novo vírus, os moradores chamaram Ciops (Coordenação Integrada de Operações de Segurança).

Uma patrulha foi enviada ao local. No entanto, ao ser abordado pela polícia, o pastor Thiago da Silva Conceição se recusou a suspender o serviço e disse que “ligaria pra um deputado” e fez várias ligações sem interromper o encontro religioso. Ele acabou recebendo uma voz de prisão e foi levado para a 30ª delegacia de DP (Conjunto São Cristóvão).

Thiago Conceição foi indiciado no artigo 268 do Código Penal Brasileiro (CPB) pela delegada de plantão Mary Rodrigues Maciel, que, ouvidas as partes, redigiu o Termo Circunstancial de Ocorrência (TCO), número 113-57 / 2020. pastor foi liberado e responderá pelo crime na justiça. A igreja foi fechada pela PM.

Nenhum comentário